segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

CUIDADO! A próxima mensagem contém uma imagem que pode ser altamente deprimente para algumas pessoas...

Nothing changes on new year's day.
I will be with you again."
New Year's Day, U2 - 1982
http://br.youtube.com/watch?v=qH1FbD1jBI8

Bonito. Não é!?


A minha inexistente vizinha-do-2º-andar foi a pessoa que mais influenciou a minha vida este ano

"My therapist said not to see you no more
She said you're like a disease without any cure"
Laid, Laid, James - 1993

Se a minha ex-vizinha-do-2º-andar, que nunca existiu a não ser na minha imaginação, me fazia lembrar o Orson, agora sempre que vejo um grupo de mulheres de meia idade juntas, lembro-me do Wade, esse pato histérico!

Só lhe falta ser divorciado (desesperado), não é?

domingo, 21 de dezembro de 2008

Throw Me A Rope (Help Me Get My Feet Back On The Ground)



"So throw me a rope
To hold me in place
Show me a clock
For counting my days down
Cause everything's easier when your beside me
Come back and find me
Cause I feel alone"
Throw Me A Rope, Acoustic Extravaganza, KT Tunstall - 2006
http://www.youtube.com/watch?v=MSkmtJfu3WY

Noite terrível a de ontem. Dia interminável o de hoje. Espero que a noite seja diferente. Esta noite. Medidas drásticas. Vou pela via mais fácil.Aquela a que já me habituei. Espero que definhem. Até à próxima.

...

Ando às cabeçadas de porta em porta. Já nada tem piada e já não há vontade para nada. Na verdade não me sinto muito bem. Pela primeira vez na vida tenho que fingir todos os dias, 24 horas por dia que estou bem, que continuo bem. Felizmente, Já tenho 30 anos, já consigo ser hipócrita. É algo que se aprende com o tempo.

...

21/12 só podia mesmo ser mau. Pior mesmo só o dia 31/13. Há ANÛS que não acabam.

...

Voltei a ter um problema com a bebida. Dura desde Abril.

Que fazer!? Aspegic!? Ben-U-Ron!?

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Let's Go To Dungeness...

"And when we spoke there was silence
Cos there's no need to make a sound when you've got
Smiles instead"
Dungeness, Vehicles & Animals, Athlete - 2003
http://www.youtube.com/watch?v=Vd2ERQT3P7Q

Deitei-me às 4 da manhã. E agora são 8. Quatro horas de sono. Estou desperto. Como se tivesse dormido durante a vida toda. Apetece-me sair de casa. Apetece-me ir tomar o pequeno-almoço fora. Nicola. Beber algo quente. Não me apetece ir sozinho. Mas enviar uma mensagem a alguém a perguntar se quer ir tomar o pequeno almoço a esta hora é suicida... Não o vou fazer. Vou sair de casa e andar por aí. Vou ligar o MP3 e ouvir algo inspirador. Athlete. Depois volto.

Até já!?

ATENÇÃO: Só fico no castelo enquanto lá estiver a Cristina. Um ser especial. Único. Acho que vou fazer as malas...

Há muito tempo que sou contra este país. Este país asfixia-me e asfixia-nos. Estas pessoas deste país asfixiam-me e asfixiam-nos. Tenho pena que assim seja e que seja assim... Tenho muita pena...

A vida, para nós, é tão fácil. Mas eles gostam de a dificultar. Eles vivem para a intriga e para a dor de cotovelo. Para o diz que disse e para a dor de corno. Às vezes sinto que sou demais. Mas depois, racional, penso que estou apenas a ser como eles.

Hoje, dia de jantar no castelo. Noite de jantar. Noite de castelo. Não sei em que pensar. A maior parte das vezes penso em ti. Penso em ti. Entre Abril e Outubro pensei em ti. Muitas vezes. Sofri por ti. Mais do que pensas. Mais do que "as tuas pessoas" pensam. Mas essa é a minha vida nos últimos anos...

Pensas em Susanas, Alexandras e Fabianas mas, nunca deixei de pensar no nosso Poio, na nossa Ponte Silveira e na nossa Eira. Nesse plano "C." Ele é nosso. Só nosso. Como eu sou teu. Só teu.

Agora que eu voltava a pensar nesse sonho. Nesse último e derradeiro sonho, decidiste voltar atrás... Acho que ainda não me percebeste. Eu próprio não o consegui fazer. Às vezes demasiadamente infantil mas, quando estou comigo... Complexidade tremenda... Última oferta. Última oportunidade... Faz algo por mim e aceita-me como sou. Às vezes sou forte. Às vezes finjo que o sou... Mas ninguém o é a não ser quem é...

(Acabei a noite na casa do Manel, esse vampiro. Acho que também ele se deve sentir asfixiado pela mesquinhez e pelos preconceitos que temos que suportar neste rectângulo imaginário. Tanta gente se sente importante por aqui. Sem razão para isso. O Manel de nariz ligeiramente entupido mais uma vez demonstrou que é demasiado. Demasiado para este amarelecido e desencantado rectângulo.)

Sei que quando lerem isto irão gozar com estas palavras. Mas estas palavras são sentidas. Muito sentidas... E vocês que pensam que são corajosos não teriam coragem para as dizer. Ser sensível e sensato é difícil por aqui. Mas eu amo isto. Eu amo-te a ti.

Amo-te só a ti. Sim!?

"..."
Changing Man (I - 1:16), Better Felt(H)er, Tiago Ladeira - 2008

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Le Ciel Lui Tombe Sur La Tête

"He's crackin' up, yeah, yeah
He's crackin' up, yeah, yeah
He's crackin' up
I'm crackin' up, baby."
Crackin' Up, Go Bo Diddley, Bo Diddley - 1959

...às vezes parece que o mundo e o céu me vão cair em cima da cabeça. Acho que começo, finalmente, a perceber porque é que as pessoas dizem que há dias em que não se deve sair de casa. Hoje foi, sem dúvida, um desses dias. Um desses dias que se repetem, constantemente, nos últimos tempos. Infelizmente, nada aconteceu por minha culpa. Infelizmente porque (sobre)vivo bem com os meus erros, com os erros que cometo e que percebo que cometi. Convivo, terrivelmente, com os erros que me atribuem injustamente. Sei que já devia estar habituado e, também, sei que os pequenos problemas que tive na minha vida estão relacionados com injustiças. Se calhar, ainda bem porque deve ser por essa razão que eu tento ser sempre justo. Digo tento porque não sou perfeito. Muito longe disso. Ao contrário de pessoas que não são um cú e que pensam que têm toda a moral do mundo.

Tenho que andar a aturar palhaços!?

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

No outro dia cantei a música do Suchard Express na cama. Eram umas 2 da manhã.

"You're a part time lover
and a full time friend"
Anyone Else But You, The Moldy Peaches, The Moldy Peaches - 2001


A vida é como um excelente filme que vi pela primeira vez em 1962: "uma portentosa sequência de abertura" e daí em diante... ainda não percebi muito bem. Acho que vou ver o filme outra vez. Só me falta mesmo aquela suiça (que toda a gente pensa que é sueca...) que agora tem mais 46 anos. Mas que importa!? O que importa é que nasci e, além disso, a Suiça e o Ribatejo são quase a mesma coisa...

Não é, Patinhasson!?

sábado, 6 de dezembro de 2008

Ela hiperventila. Ouvi dizer...

"My little empire
I`m sick of being sick
My little empire
I`m tired of being tired"

My Little Empire, This Is My Truth Tell Me Yours, Manic Street Preachers - 1998
http://www.youtube.com/watch?v=xA3u7wHcYPQ

Já me lembrei disto há uns tempos. Desculpem-me se não vos disse isto antes. Eu sei que é importante. Foi há tanto tempo que nem me lembro porque é que pensei nisto. Lembrei-me se a Carolina tivesse gémeos eles iam chamar-se Esclerose Múltipla...

Concordam, não é?

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Hoje vou dormir no chão. Pode ser que voltes mais depressa.

"She comes in colors everywhere
She combs her hair
She's like a rainbow"
She's a Rainbow, Their Satanic Majesties Request, Rolling Stones - 1967

...de space cake em space cake por essas ruas sardentas de Amesterdão. Eu aqui sentado a pensar sem pensar e a olhar sem olhar para este verde transparente, este verde e decadente auren...

Quando voltas?

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Ausências & Regressos. E a mágoa que continua...

"The morning light
I'll never forget it"
Nothing Too Much Just Out Of Sight, Electric Arguments, The Fireman - 2008

Dez anos depois eles estão de volta. The Fireman. Nothing Too Much Just Out Of Sight. Melhor música deste novo milénio e, finalmente, um cd que valha a pena comprar neste musicalmente angustiante e desolador ano de 2008.

Sei que odeiam. Mas é bom, não é?

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Quando a balda se sobrepõe à regra...

"Im not like them
But I can pretend"
Dumb, In Utero, Nirvana - 1993


Quando a balda se sobrepõe à regra...
Viva Portugal e este poveco de gentinha amarela, mesquinha e retrógrada.
Fiquem por aí a apanhar um mole solzinho que eu vou de férias para o mundo civilizado. Para aquilo a que se costuma chamar Europa.
Estou a ficar, de novo, um bocado farto de viver no Norte de África.

(Beijinhos para as vossas mamãs e continuem a fazer birrinhas. O mundo vai para além do vosso umbigozinho cheiozinho de pózinho de talquinho.)

Adeusinho, seus cuzinhos!?

sábado, 18 de outubro de 2008

Madame Glósoli está quase a decidir...

"Mig vaknar draum-haf
Mitt hjartað, slá
Úfið hár.
Sturlun við fjar-óð
Sem skyldu-skrá.
Og hér ert þú
Fannst mér.....
Og hér ert þú
Glósóli....."
Glósoli, Takk, Sigur Ros - 2005
http://www.youtube.com/watch?v=lwQmDvuORY0

É só para dizer que vou ver os Sigur Ros e os Keane em Novembro, os Kaiser Chiefs em Janeiro e, dez longos anos depois, vou voltar a ver os Oasis.

O sol está resplandecente, Glósoli. Não achas?

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Deus Não Quis - Trailer

"I can't take my eyes off of you..."
The Blower's Daughter, O, Damien Rice - 2001

Como alguns de vocês sabem foi rodado no ano passado uma curta-metragem no glorioso Coentral. Em breve, vou convidar alguns de vocês para verem este já mítico filme nos meus aposentos (ainda secretos...)
Enquanto não chega esse tão faustoso dia deixo-vos aqui o trailer.



Deus não quis... Percebem?

Onde é que se arranjam patos gigantes?

"It might have been a bright, blue day
But rain clouds had to come this way
They're watering everything that they can see
A seed is waiting in the earth
For rain to come to give him birth
It's all he really needs to set him free"
Mamunia, Band On The Run, Wings - 1973

...parece que estou quase a mudar-me. Mais uma semana, semana e pouco. Parte do plano continua a falhar (de acordo com o previsto) mas, como eu sempre achei, é tudo uma questão de tempo. Uma questão de tempo e de conseguir arranjar um pato gigante...

O moscatel continua à espera, 'tá bem?

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

"We're gonna make it through..."

"Yeah, we're gonna make it through
I said we can make it through now
And the boys and their dreams
For the boys and their dreams
I know you can hear me"
British Legion, Empire, Kasabian - 2006

É só para dizer que eu e o Manel resolvemos engravidar.

É bom, não é?

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Hush! Hush! I thought I heard her calling my name...

"I got a certain little girl shes on my mind
No doubt about it she looks so fine
Shes the best girl that I ever had"
Hush, Hush, Billy Joe Royal - 1967



Acabei de chegar à conclusão que ainda não tinha dito nada sobre o casamento do meu irmão. Não vai ser agora de certeza que o vou fazer. Nem agora nem nunca. Fiquem com as fotos das três pessoas mais importantes presentes no dito evento e já se podem dar por satisfeitos...

Não tenho paciência para casamentos... E tu?

Acho que nunca vou morrer de cancro de pele...

"Something is not right with me!
Something is not right with me!
Something is not right with me!
I'm trying not to let it show!"
Something Is Not Right With Me, Loyalty To Loyalty, Cold War Kids - 2008

Bem. Se calhar os dias de Verão acabaram. E o resto também. A única coisa em que consigo pensar neste momento é que apesar de ter ido alguns dias à praia a parte mais escura do meu corpo continua a ser o escroto.

É triste esta vida. Não é?

Noves Fora Nada

"She left me on friday and ruined my weekend
She thinks we're still best friends
She thinks we're still alright"
She Left Me On Friday, Let It Ride, Shed Seven - 1998

...isto é o que acontece quando as pessoas se arrependem do que fizeram. Tarde demais. Paciência. Há sempre quem acredite na reencarnação mas eu não serei decerto um deles.

Não quero e... não quero crer?!

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

...é impossível viver muito tempo com os pés no chão...

"I'm feeling rough, I'm feeling raw, I'm in the prime of my life.
Let's make some music, make some money, find some models for wives.
I'll move to Paris, shoot some heroin, and fuck with the stars.
You man the island and the cocaine and the elegant cars.
This is our decision, to live fast and die young.
We've got the vision, now let's have some fun."
Time To Pretend, Oracular Spectacular, MGMT - 2007

Ontem fiz uma jogada de tremendo risco. Mais um daqueles extraordinários e repentinos planos que, felizmente,, nunca resultam... Reconheço que desta vez exagerei (até para os meus parâmetros...). No entanto, se correr bem blá-blá-blá... se correr mal, vou acabar os meus dias a pedir de esquina em esquina, a fingir que estou cego e, a tentar disfarçar que tenho uma seringa espetada na jugular.


(Voltem aqui em breve. Notícias surpreendentes para quem não tem vivido dentro da minha cabeça nos últimos dois meses. A prova de que a vida só pode ir melhorando. Continuo a acreditar nisso e vou continuar a acreditar. Sozinho mais uma vez nesta estranha forma de...)

...é impossível viver muito tempo com os pés no chão. Não é?

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Skinny Love

"Come on skinny love..."
Skinny Love, For Emma, Bon Iver - 2007



A minha mãe disse-me que tu és "muito elegante e bonita."

Achas que ligue ao que a minha mãe diz ou não?...

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

...clever ain't wise...

"Oh, you're so clever, you're so clever
But you're not very nice
So fuck forever
If you don't mind
Oh I'm stuck forever
In your mind, your mind, your mind"
Fuck Forever, Down In Albion, Babyshambles - 2005

Bem.
De vez em quando apetece-me andar por aí. Mas muitas vezes não o faço.
Outras vezes apetece-me inventar. Mas ando cansado disso.
São demasiadas ideias e demasiado tempo a passar-me pela cabeça. Demasiadas ideias que já não voltam e às quais eu não quero voltar.
...mas às vezes lembro-me de ti.... E outras vezes não me quero lembrar.
A maior parte das vezes acho que não existes... E outras vezes eu não quero voltar.
És um esquecimento presente e uma dúvida inexistente.
És o que foste. E um dia quererás ser o que já foste.
És o que foste e és o que já não és.
És o que foste e sempre foste quem não és.

...clever ain't wise... Percebes ou também não?

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Pitas, Putas e Outras Porcarias a Pagar mas Livres de Impostos

"So here it is merry Christmas
Everybody's having fun
Look to the future now
It's only just begun"
Merry Christmas Everybody, Merry Christmas Everybody, Slade - 1973

Cá estou eu de volta, man! Muita gente tem perguntado pelo meu blog. Uns têm saudades, outros têm vontade de olhar para ele e outros de o comer. Eu andei por aí de pôr do sol em pôr do sol a aproveitar as noites de lua cheia. Estive na Ericeira e no Coentral. Os sítios mais marcantes e inspiradores da minha vida... Andei a pensar na vida, a procurar terraços e a fugir da próxima onda. Quando há um tsunami devemos fugir para o meio do mar e a minha vida neste momento é um boomerang... Sinto-me contente por isso. É bom poder voltar atrás. Voltar ao que a nossa vida teve de bom e fazer disso um misterioso e encantador futuro. E eu sei que ele está a chegar. E eu sei que futuro é esse. E é excelente saber que estou a controlar o momento, a hora e a forma como ele vai chegar. Quando eu decidir tornar o passado em futuro vocês, que gostam de ler estas improvisadas linhas, serão os segundos a saber. Combinado?

(O meu irmão vai casar no sábado, dia 27 de setembro.
Telefonou à minha mãe há uns 15 dias a dizer:
- Mãe, vou casar dia 27...
Do outro lado da linha a resposta foi:
- ...
A minha mãe já devia estar habituada a estas coisas. Afinal está casada com um Pimentel Ladeira há uns longos 37 anos.)

Olhem para o futuro. Olham!?

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Peace Day - 21 de setembro

"Won't you please
Oh won't you
Give me love
Give me love
Give me peace on earth"
Give Me Love (Give Me Peace On Earth), Living In The Material World, George Harrison - 1973


http://www.peaceoneday.org/home.aspx. Vão dar uma vista de olhos nem que seja para ver o Jude Law...

http://www.peaceoneday.org/home.aspx, tá bem?

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Sci-fi Lullabies...

"Things are getting strange,
I'm starting to worry
This could be a case for Mulder and Scully"
Mulder And Scully, International Velvet, Catatonia - 1998

...não compreendem!? Ainda não compreenderam!? Quando lêem um livro acham que aquilo aconteceu mesmo a quem o escreveu!? Quando vêm um filme acham mesmo que o actor morre!? Quando ouvem uma música acham mesmo que o gajo que a escreveu está mesmo a sentir a falta de alguém!?
Há pessoas que lêem o meu blog e pensam que eu estou muito triste, que me vou suicidar ou então que ando a comer gajas todas as noites... Sabem o que é ficção ou acreditam que o Doctor Spock existe mesmo!?
Quase tudo isto é ficção. O mundo é ficção. Poesia para quem quiser. Sonho para quem puder. É tudo isso mas, tudo isso e isto que lêem é ficção. Raramente é amor...

No sábado vou ao futebol e depois vou dormir ao 50 centímetros duma gaja toda nua. Ou talvez não!?

terça-feira, 19 de agosto de 2008

O umbigo fica ao pé do intestino grosso e do recto e longe da cabeça. O joelho já não sei bem...

"And I've been up all night
She's been up all night
We're, we're just up all night
I've been up all night..."
Up All Night, Up All Night, Razorlight - 2004
http://www.youtube.com/watch?v=rbDUEORh3sE

"O meu joelho da perna direita está a virar-se ao contrário. Quando estiverem atrás de mim tenham cuidado porque podem levar uma joelhada."

Alguém percebe a ligação entre Up All Night e o meu joelho da perna direita!? Quem adivinhar a resposta ganha o que quiser (convém é também acrescentar à resposta o que é q se quer como prémio...)...,...,...

Durmam bem... ou não!?

domingo, 17 de agosto de 2008

sábado, 16 de agosto de 2008

The Beautiful Game

"FEEL THE PASSION AND FEEL THE HEAT.
FOOTBALL IS THE ONLY REASON
GOD ALMIGHTY GAVE US FEET.

GIRLS
NO JOY TONIGHT, FORGET IT AGAIN,
MY BOYFRIEND'S IN LOVE WITH ELEVEN MEN.

IT'S AN OBSESSION THE REASON WE'RE HERE,
'COS IT'S BETTER THAN SEX AND IT'S BETTER THAN BEER"
The Beautiful Game, The Beautiful Game BSO, Ben Elton & Andrew Lloyd Webber - 2000

Desculpem a pergunta mas, aconteceu alguma coisa na noite de sábado!?

As Aventuras de Jesus Cristo - Capítulo II


















"Ya' feelin' allright?
I'm not feelin' too good myself
Well, ya' feelin' allright?
I'm not feelin' too good myself"

Feelin' Allright, Traffic, Traffic - 1968
http://www.youtube.com/watch?v=xJcIjG9N1Qs&feature=related

Feelin' Alright, lobito!?

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Eu, duas gajas boas, uma tenda e a falta de soninho doce...

"He lives in a house,
a very big house in the country..."
Country House, The Great Escape, Blur - 1995
http://www.youtube.com/watch?v=x2BBfv9WK_w

Como alguns dos meus prezados leitores sabem, estive em Odeceixe a passar umas curtas férias entre os dias 1 e 3 de Agosto. Como foram umas férias algo cansativas, acho que só agora estou completamente recuperado e, é por essa razão, que só agora posso escrever sobre esses momentos vividos a três numa tenda de dois metros e meio por um metro e meio nesse, agora mítico, Parque de Campismo de Odeceixe. No entanto, estou-me pouco a lixar para vocês e, além disso, as pilhas da minha "Mystical Machine Gun" acabaram ainda eu estava em Palmela. É, por essa razão, que neste momento, só tenho esta foto das minhas férias. É, também, por essa razão, que a tão aguardada fotonovela foi adiada para as próximas férias que deverão ser, se tudo correr bem, entre o paralelo 45 e o 60.
Bem, agora sua cambada de gentinha ignorante e retrógrada, vou dormir reconfortado e orgulhoso por, ter dormido e ter estado acordado, com duas gajas boas em tão limitado espaço.

(Se quiserem ler algo sobre essas férias vão a: http://jd-viding.blogspot.com/. É o texto que tem o título de "Camping". Eu sei que ela escreve mal comó caraças mas, tem umas mamas boas. Obrigado. Durmam bem...)

Elas são as minhas melhores amigas. O resto é ficção de macho. Está bem, tansos?

Objectivo: McCartney '68

"When I get to the bottom
I go back to the top of the slide
Where I stop and turn and I go for a ride
Till I get to the bottom and I see you again
Yeah, yeah, yeah

Do you don't you want me to love you
I'm coming down fast but I'm miles above you
Tell me tell me come on tell me the answer
and you may be a lover but you ain't no dancer

Go helter skelter
helter skelter
helter skelter
Yeah, hu, hu
Helter Skelter, The White Album, The Beatles - 1968
(ATENÇÃO! Se és beto, do PP, escuteiro, católico, surfista, pita, ou, simplesmente, um gajo que tem como principal objectivo de vida pôr protector solar nas gajas que se encontram por aí a queimar "O Neurónio", não ouças isto! É demasiado para ti! É Rock n' Roll! Look out! É Helter Skelter! And she's coming down fast... Sabes o que é!?)
Como te prometi aqui tens o McCartney '68 para me dares a tua opinião. Achas que vá em frente com o meu plano? Ou achas que é um bocado ridículo? Se for ridículo é o mesmo que ir em frente, certo?!
Diz-me qualquer coisa, sim?!

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Pea(Nuts)

"Don't you know you're such a fool
To keep on acting like you do
Don't you know you're such a fool
To keep on acting like you do
You're a fool to play things cool
When you've got everything to lose"
Such a Fool, 22-20's, 22-20's - 2004
http://www.youtube.com/watch?v=uwTexpqTIFs

O novo segurança do meu prédio começa a olhar para mim com um sorriso estranho. Ainda não percebi se tem pena de mim ou inveja. Hoje, prefiro ser egocêntrico e achar que é inveja.

(Ando a comer tanto amendoim com sal que acho que já devo ter salitre nas paredes do estômago...)

Ser segurança e olhar para lá sem que ninguém me veja. É perfeito, não?!

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Coentral

"I'd look down and smile like their tale was my own
I'd be drowning in memory, and then I would know
How it used to be in summer, so many years ago
When we really didn't worry, or care to know
Where we would be, or how old we had grown
Then I'd open my eyes and
I know
I was Home
Where my friends are
Even when I'm not
I wish you were here"
Home, Home, Deep Blue Something - 1995

Olá.
Estás boa?
No fim de semana vou ao Coentral. Queres vir? Vou na sexta às 7h (19h para quem é certinho...) e venho no domingo às 4h30 (16h30 para quem é certinho... e farsola...)
No sábado quero ir ver o nascer do sol ao Trevim, portanto, se quiseres ir tens que te levantar por volta das 5 da manhã (cinco para quem é certinho... e farsola... e tótó).
A ideia é passar o dia por ali. Ir à Aigra e a outras aldeias de xisto a pé, só com a mochila, a cantar no meio de nada e a ouvir o silêncio no meio detudo, ver o pôr do sol e voltar a casa.

(Vou também fazer uma gravação com o Filipe. Aprendi a tocar "I've Got a Feeling" e "Helter Skelter" e combinámos fazer um dueto. "Pure Rock n' Roll, luv"/ Eu faço de Paul, ele faz de John ...)

Queres, saloia?

...minado... (anti-pessoal) &...

"If you don't mind
Could we not fight?
I see you're close woman
In the night
I' m sober
Still alive"
Coming Down, Love Is Here, Starsailor - 2001
http://www.youtube.com/watch?v=1Du2my9H_Pc&feature=related

If you don't mind. Could we not fight? I see you're close woman. In the night. I' m sober. Still alive.

(Continuarei a ser minado pelas mesmas "forças ocultas"!?)

A sério que não percebi nada do que (não) se passou. Explicas-me!?

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Amote e gosto de te tocar...


"Well for a lonely soul, you're having such a nice time
For a lonely soul, you're having such a nice time
For a lonely soul, it seems to me that you're having such a nice time
You're having such a nice time"
Nothing In My Way, Under The Iron Sea, Keane - 2006
http://www.youtube.com/watch?v=SH6BQAd1GVQ

Não sei explicar porquê mas, sentia-te cada vez mais próxima. E, agora que chegaste, sinto que vou ficar contigo para sempre. Abracei-te mal te vi e não consigo deixar de te tocar. Foi amor à primeira vista e continua a ser... Apesar de por vezes pareceres desafinada e de, em outras vezes, gostares de afinar comigo... eu jamais te esquecerei.

Ainda me fazes "Epi", a sério...

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Por falar em gente Superpateta...



Desculpem! Foi só para ganhar uma... aposta...

"But can you save me
Come on and save me
If you could save me
From the ranks of the freaks
Who suspect they could never love anyone"
Save me, Magnolia Sounstrack, Aimee Mann - 2006
http://www.youtube.com/watch?v=bNbTC6xLVg0

Depois de ter ganho uma aposta por ter provado, com a última mensagem que deixei por aqui, que consigo ser altamente amargo e deprimente se quiser, a única coisa que me apetece dizer é:
- O meu actor preferido é o Pateta, principalmente, quando faz de Superpateta...

Eu sou um docinho, a sério...

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Estados de espírito em que se sente mais medo do que se devia ou como ser cobarde e fingir que se é imperturbável

"Yeah, I'm gonna have to move on
Before we meet again
Yeah, it's hard
If you had've only seen"
Move On, Get Born, Jet - 2003
http://www.youtube.com/watch?v=rZ8C3t16IJ4


Às vezes fazes com que eu confunda a letra "i" com a letra "u" mas pelo que vivemos e, principalmente, pelo que tivemos medo de viver, espero que quando pensar em ti me continue a lembrar mais de ti como um "i" do que como um "u"...

(Estou-me, literalmente, a cagar para quem não percebeu nada do que eu escrevi. Ninguém vai perceber a não ser as pessoas que pensam que perceberam e que, basicamente, são as mesmas que pensam que percebem tudo e que controlam o mundo... Tal e qual como eu...)

Fácil demais, não?...

terça-feira, 22 de julho de 2008

9h30

"I just can’t prove you wrong
No I just play along
I guess it turns you on…"
The Games We Play, Liebling, Andreas Johnson - 1999
http://www.youtube.com/watch?v=a-AbykfHG48

Eu estava sonolento. Ela estava feita num oito. Parecia assustada, deprimida. Não percebi bem.
Eu estava sonolento, quando ela disse:
- Ontem esqueci-me do telemóvel, hoje esqueci-me dos brincos.
Eu respondi-lhe antes de voltar a pôr os olhos no meu último sonho:
- Não te preocupes que ninguém te vai telefonar para os brincos...

Ai. Tenho que te aturar?

Procura-se palheta para relacionamento sério. Não se aceitam palhetas brasileiras. Não quero apanhar doenças parvas.

"I feel I wanna hold you, wanna tell you that you'll be alright
Sang this song today, it's recalling your pictures all in my mind
I miss you now
I miss you now"
I Miss You Know, You Gotta Go There To Come Back, Stereophonics - 2003
http://www.youtube.com/watch?v=xmAJ5tfoU8Q

É só para dizer que voltei a perder a palheta. Felizmente, não me faz muita falta porque sou caladinho. De qualquer maneira, se alguém a viu que me telefone para o 960070700. Sei que parece inacreditável mas, é o meu número...
Sinto a tua falta, minha querida palheta. Apesar de seres feia como um cú e de te ir trocar, em breve, por uma verdinha da Stagg que diz Rock & Roll star sinto muito a tua falta. Tenho vontade de te tocar. Volta, por favor...

Voltas, cara (de cú) pálida!?

Fazias 100 anos por estes dias...

"Demasiado profundo
para ser superficial.
Só venho à tona
para te ver brilhar.
Até que te pões
em mim
num fim de tarde.
Quente.
Brilhante.
Diferente.
E embora distante,
Estarás sempre presente..."
Por uma vez Bento, Tiago Ladeira, Tiago Ladeira - 2008






Fazias 100 anos por estes dias...

...e eu só me orgulho do que temos em comum. Acreditas?

domingo, 20 de julho de 2008

...,...




"And in the naked light I saw

Ten thousand people, maybe more
People talking without speaking
People hearing without listening
People writing songs that voices never share
And no one dared
Disturb the sound of silence"
Sounds of Silence, Sounds of Silence, Simon & Garfunkel 1966
http://www.youtube.com/watch?v=eZGWQauQOAQ&feature=related


...alguém que perceba os meus silêncios? E a necessidade em tudo isso...

...,...

sexta-feira, 18 de julho de 2008

As Aventuras de Jesus Cristo - Capítulo I

"Jesus came from outta space
and travelled from beyond the stars
He came down for peace on earth
and he left in a second hand car"
Jesus Came From Outta Space, Supergrass, Supergrass - 1999

Já te disse que não se brinca com coisas sérias, não disse!?


quinta-feira, 17 de julho de 2008

O video não está grande coisa mas o que interessa é que a Laura Marling também tem uns sapatinhos vermelhos

"There's a boy across the river
with short black curly hair
he wants to be my lover and i want to be his peer
there's a boy across the river
but alas i cannot swim
i never will get to put my arms around him."
Alas i Cannot Swim, Alas i Cannot Swim, Laura Marling - 2008
Muita coisa tem acontecido nestes últimos dias.
Deixei de bilhetar e vou voltar a torrear na sexta. Em princípio vou ficar a torrear até outubro two thousand and nine. O João saiu do maravilhoso mundo da broa castelar e vai descer até São Cristóvão e São Lourenço. Tive uma reclamação na bilheteira. Um polícia ameaçou levar-me para a esquadra e eu respondi-lhe: "Como quiser." Uma húngara queria levar-me para perto do seu sortido mas eu respondi-lhe: "Prefiro a tua amiga que tá lá fora com aquele gajo que deve pesar 300 kilos em jejum..." Tive uma falha de 40 euros. Não bebo há 3 semanas. Voltei a falar com a minha ex-colega Cláudia e ela disse-me: "Lembro-me que eras caladinho mas muito engraçado e certeiro." Eu respondi-lhe: "Continuo caladinho mas por vezes não dou bem com o sítio." O Carlos mandou-me uma mensagem. O barril de petróleo baixou de preço. Vi o Alien pela primeira vez. Fui almoçar com o intrépido Manel ao excelente terraço da Sofia. Tenho dormido horas e horas seguidas. Tenho visto dezenas de filmes. Voltei ao Coentral 6 meses depois. A minha barriga está mais pequena e o meu cabelo mais curto. Tenho as pontas dos dedos da mão esquerda doridos e o indicador sangrou. Encomendei uma Epiphone. Inventei uma coisa que se chama "Do lado errado do rio." Vou fazer uma fotonovela com a Marisa e a Joana em Aljezur mas ainda não lhes disse. Estive mesmo, mesmo, mesmo para mudar de casa mas resolvi que ainda não era o Olimpo certo. Deixei de comer doces conventuais e o banco de pedra já não é tão confortável como era...

Como vês muita coisa tem acontecido...
Só tu continuas a não acreditar em mim, não é?

quarta-feira, 16 de julho de 2008

O salmão tem omega 3 e omega 3 faz bem à memória.

"I float up stream
You know how we do it
You know how we do it again"
The Salmon Dance, We Are The Night, Chemical Brothers - 2007

Estava a preparar mais uma das minhas solitárias refeições e quando olhei para o salmão voltei a lembrar-me... Dói-me um bocadinho a perna (aqui nesta zona) e continuo com comichão debaixo do meu pé esquerdo...

Alguém sabe como é que isto se trata ou de que é que se trata? Não!?...

terça-feira, 15 de julho de 2008

A baba do caracol

"I can see you in the morning
When you go to school"
School, Crime of the Century, Supertramp - 1974

No outro dia voltei a comer caracóis... É bom reviver os bons velhos tempos e, principalmente, saber que eles só vão voltar quando quisermos.

Gostei muito de encaracolar. É bom, não?

terça-feira, 8 de julho de 2008

Continua a vender postais...

"You choose, you chose
Poetry over prose"
Intuition, The Reminder, Feist - 2007

Olá, Manel...
Esta mensagem é só para ti...
Sei que ficaste, incrivelmente, feliz quando nos tornámos amigos no hi5. Infelizmente, tenho uma má notícia para ti porque resolvi acabar com o meu lado "hi5iano." Deitei-o fora. Deve andar por aí de papelão em papelão... Espero que não te deixes ir abaixo por este tremendo revés que a tua vida sofreu.
É triste mas, pode ser que nos voltemos a encontrar por aí e que possamos voltar a ser amigos...

Não fiques triste, tá bem?

domingo, 6 de julho de 2008

"Instant karma's gonna get you..."

"Yeah, we all shine on,
like the moon and the stars and the sun.
Yeah, we all shine on,
on and on and on and on, on and on and on"
Instant Karma, Instant Karma, John Lennon - 1970

Se pensas que és um macho e que nada te impressiona, vê isto. Se achas que és impressionável, finge que és um macho e, vê isto na mesma.

Pledge to go fur-free at PETA.org.

"Instant karma's gonna get you" ...sim!?

terça-feira, 1 de julho de 2008

Olha para trás quando saires, tá bem?

"Oh, I been flying... mama, there ain't no denyin'"
Kashmir, Physical Graffiti, Led Zeppelin - 1975

No outro dia, ensinaram-me a andar em areias movediças. Ainda bem... Estava a ficar farto disto de ter que andar em terra firme e começo a ter saudades de andar com a cabeça na lua...

Olha para trás quando saires, tá bem?

domingo, 29 de junho de 2008

!?...

"Love enters, and leaves you through your eyes..."
Looking As You Are, Out Of Nothing, Embrace - 2004

Apaga a luz.
Ouve o silêncio.
Fecha os olhos.
Diz-me o que vês...

Diz-me o que vês, sim?

É impressionante!

"Down by the ocean it was so dismal,
Women all standing with shock on their faces.
Sad description, oh I was looking for you."
Redondo Beach, Horses, Patti Smith - 1975

É impressionante! Estive na praia quase 24 horas seguidas e não vi uma única gaja boa a não ser quando fechava os olhos... É o que dá quando se vai para a praia com a maior média de idades da Europa. Parecia um comício do PCP...

Vamos avante, camarada!?...

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Robinson Crusoe

"...
...
..."
Robinson Crusoe, Robinson Crusoe, Tiago Ladeira - 2008

Hoje é sexta feira e acordei com o som distante de "On a Beach." Estes dois pormenores fizeram-me lembrar o Robinson Crusoe. A partir de hoje, vou deixar de ser Penélope e vou passar a ser Robinson Crusoe. Agrada-me a personagem. Tem algo de poético. Naufraga e acorda numa ilha deserta. Escreve o nome numa árvore e conta os dias que vive naquela ilha. Até ao dia em que aparece um navio no horizonte. Um navio com uma só pessoa a bordo...

Para a próxima trata-me por Robinson, sim?

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Jack Jonhson, um metro e meio de homem.

"Please stop la la la la la la
La la la la la...
La la la la la..."
Enemy, Sleep Through The Static, Jack Jonhson - 2008

Ontem vendi um bilhete ao Jack Johnson e pensei dizer-lhe:
"Epá! Tás acabado! O melhor que tens a fazer é ires lá para o Hawai com o bilhete só de ida nesse teu calçonito florido e morrer debaixo da tua prancha enquanto ainda alguém te respeita."

(Odeio betos, escuteiros, gajos do PP, surfistas e, principalmente, católicos.)

É tudo a mesma merda, certo?

Tranquilo.

"There are problems in these times,
But, woo!, none of them are mine!
Oh, baby, Im beginning to see the light."
Beginning to See the Light, The Velvet Underground, The Velvet Underground - 1968

A tranquilidade que eu sinto neste estranho momento é a maior prova que o meu eu está de volta.

Finalmente,...

Nova era - Algumas coisas nunca mudam...

"Will we arise in our time
At the dawn of another meaning
And a great hosannah
A great hosannah"
Last Farewell, Peasants, Pigs and Astronauts, Kula Shaker - 1999


Amanhã começa uma nova era. Vou fazer a barba e, talvez, cortar o cabelo. Estou farto que me confundam com o gajo dos Kings of Leon... Gosto que me achem pouco lavadinho mas, não gosto que pensem que sou nojento.

Basta parecê-lo, não é?

O meu sonho é voltar a ver os meus pés...

"Rose
I love ya
Especially today
Rose
I love your delicate way"
Rose, Twelve Stops and Home, The Feeling - 2006

Acho que a minha barriga cresceu assustadoramente nos últimos dias. Sinto-me inchado e desta vez não é por causa do meu, facilmente, insuflável ego.
Quando entro no Metro (com alguma dificuldade...) as pessoas ficam imóveis a olhar para mim. Ficam assustadas e há sempre alguém desesperado que grita "salve-se quem puder!!!" antes de se atirar ao mar...

Quem é que disse que o vinho emagrece,...!?

O relógio está a fazer uma contagem decrescente ou crescente!?...

"Time is running out for us
But you just move the hands upon the clock"
The Clock, Eraser, Thom Yorke - 2006

Voltei a andar de relógio só para saber a quantas ando. Como, infelizmente, sou um gajo estupidamente fiel ando só a uma.

Também não se pode ser liberal em tudo, não é?

terça-feira, 24 de junho de 2008

"Na noite em ele desapareceu debaixo daquela onda..."
A sereia e o homem-areia, A sereia e o homem-areia, Tiago Ladeira - 2008

As pessoas que me conhecem melhor e que me são mais próximas sempre me ouviram dizer duas coisas: Coentral e Obra-prima. Como toda a gente sabe o Coentral é a única coisa intocável e eterna na minha vida, já a obra-prima tem nascido, aos poucos, nestes últimos dias.
"A sereia e o homem-areia" está a ficar realmente mágico. É um balão cheio de ar com vontade de voar, um arco íris com milhares de cores, um avião de papel onde são transportados todos os sonhos e tudo isto acontece enquanto alguém olha para as mãos e pergunta a si mesmo: "o que fazer?"

(Mais uma vez, só vou ter coragem para mostrar o que escrevo, à minha "prima" Paixão... Desta vez talvez não seja assim. Acho que, pela primeira vez, me sinto orgulhoso por algo que tenha escrito. Sempre soube que o dia ia chegar e tu e tu e tu sempre acreditaste... ou, acreditaram!?)

Acham que acabe bem ou mal,...?

A vizinha do segundo andar... Essa porca... Deliciosamente porca... A próxima vez que estiver com ela vou perguntar-lhe se se chama Orson.

"You're a slut,
you're a bitch,
you're a whore"
(e ainda bem...)
Blue Flashin' Light, The Man Who, Travis - 1999

Volto só para dizer que a minha, já famosa, vizinha do segundo andar acabou de sair do prédio e que tem vestida a mesma roupa que tinha no sábado. Além de serem altamente ciumentas as gajas são mesmo umas porcas. Esta particularmente... Se calhar só serve mesmo para pulular, graciosamente, de degrau em degrau...

(O meu segurança preferido cá do prédio foi despedido. Não sei porquê! Agora já não me sinto tão perto do povo. A quem é que eu vou dar os restos do meu jantar!?... Por outro lado, até foi bom ele ser despedido porque era ele quem controlava as entradas no prédio pela noite fora e pelo dia dentro. Tinha medo que ele falasse demais...)

Johnny, já te disse que vou continuar a escrever só para ti, sim!?

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Fim em português é mais poético que em inglês. Tal e qual como acabar e grande parte das palavras que vêm nas páginas desse tal de dicionário...

"This is the end
Beautiful friend
This is the end
My only friend, the end"
The End, The Doors, The Doors - 1967

Depois de muito pensar no assunto resolvi acabar tudo. Isto de ter um blog é cansativo e entediante, principalmente, porque quem lê não consegue perceber qual é a diferença entre a realidade e a fantasia.
Esta é, apenas, mais uma relação na minha vida que não chega aos 2 meses. É um velho hábito meu... Infelizmente.
Não sei se é um fim definitivo mas, como não acredito em regressos, não fiquem à minha espera. Isso, também, seria cansativo e entediante.

Vou continuar a escrever mas só para ti, sim?

domingo, 22 de junho de 2008

A vizinha do segundo andar...

"Pleased to meet you
Where you from and what's your name?
Pleased to Meet You, Pleased to Meet You, James - 2001

Acho que tenho um amor platónico pela vizinha do segundo andar mas, não digam a ninguém...

Será 2ºA, 2ºB, 2ºC ou 2ºD!?

Mais um "ai"...

"When I'm starting to cry
Come and sit by my side
I will love you so
And when nightmares come
I will try to be fun, even though;
I'm so scared you know"
Robin Hood, You've Got It Bad, Ocean Colour Scene - 1996

Longe. Distante. Ausente. Presente. Para agora e para sempre. Sempre presente. Embora distante. Quarto crescente. Quarto minguante. Quarto. No quarto. Escuridão. Vazio repleto. Um abraço e um olhar. Esse olhar. Olhar que rima com amar. Embora distante. Presente. Futuro!? Futuro. Futuro! Futuro... Tudo nesse olhar. Tudo por esse amar. Diferente. Presente. Ausente...

Queres baloiçar comigo no Jardim Constantino, amor!?

Só tu sabes a definição do meu "ai"...

"Nada, nada, nada
Melhor que tudo."
Sozinho, Acompanhado, Tiago Ladeira - 2008

Foi estranho, esquisito. Foi demasiado. Foi o que foi. E quem sabe o que foi ou o que era para ser!? Por não ter sido o que era para ser foi melhor. Foi sonho, fantasia. Parece o que não aconteceu ou acontecia. Sentei-me na sala. Toquei guitarra. Descobri os acordes. 1h22 tocava o relógio. Coincidência!? Destino!? Comecei... "Safety pins..." Uma alma dormia. Tranquila. Plena de amor. Futuro em tudo isso. Desejo. Isso. Turbilhão. Emoção. De Emoção. Foi tudo e foi nada. Foi encantador. Foi maré cheia. Noite de luar. Noite de sorte. Ou azar. Por nada ter sido mais foi. Por nada ter acontecido mais foi. Acredita no sonho da poesia. Momento que eu vivi acordado. Momento vivido. Momento por ti sonhado. Aqui. Cheira a ti, cheira a ti, aqui e em mim...

A perfeição de nada, percebes!?

quinta-feira, 19 de junho de 2008

A sereia e o homem-areia - 1º

"Vou esconder o meu sonho num saco de papel vazio
e esperar que tu o descubras.
Faz dele uma doce insónia de pétalas douradas
e escreve na areia algo que eu já escrevi."
A sereia e o homem-areia, A sereia e o homem-areia, Tiago Ladeira - 2008

...,...!?

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Olhares e sorrisos - Abril de 2001

"...ainda meio a sonhar perguntei-lhe quem era
ela riu-se e disse baixinho: estrela do mar..."
Estrela do Mar, Asas e Penas, Jorge Palma - 1984

O mundo evolui quando alguém deixa de olhar para o umbigo e começa a olhar para o horizonte.
Era isso que ela fazia e, em bicos dos pés, conseguia ver o que existe para além do mar.

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Um gajo que não se chama António, um manjerico e tudo o que isso não representa...

"I love your bodywork and
your flashy pop-up lights,
the way you hug the corners,
however fast and tight..."
Autophilia or "How I Learned To Stop Worrying and Love My Car", Science & Nature, The Bluetones - 2000

Para quem não saiba, e vai continuar a não saber, há duas coisas ou momentos que me dão vontade de fazer certas e determinadas "conferências" ou "simpósios" que cada vez tenho menos paciência para fazer. Essas duas coisas são (ou eram...) o Santo António e/ou uma garrafa de champanhe ou, em tempos de crise, um reles espumante.
Infelizmente, ou não, ontem cheguei à conclusão que já não acho tanta piada ao Santo António e que esta foi desde o asceta e grevista ano 2000 a minha mais inocente e angelical noite de 12 de Junho.
Esta noite teve, de longe, muito mais de Santo que de António e ainda não percebi se isso é bom ou não mas, também, não estou preocupado.

(Tudo isto não quer dizer que eu já não goste de manjericos. O que se passa é que ando muito selectivo...)

Acho que vou ter que me contentar só com o Moscato, digo eu...

domingo, 1 de junho de 2008

Para o meu Tozé, mitra do Benfica, morador nos Olivais...

"'cause you make me feel
You make me feel
You make me feel like a natural woman (woman)"
(You Make Me Feel Like) a Natural Woman, (You Make Me Feel Like) a Natural Woman, Aretha Franklin - 1967

Amor,
Fizeste despertar, finalmente, a mulher que há em mim.
Apetece-me estar contigo dia e noite, ver o nascer-do-sol, ver o pôr-do-sol, sentir a noite, a maresia, abraçar-te e dormir contigo. Estamos a nascer aos poucos, vamos vivendo, sobrevivendo.
Graças a ti acredito na imortalidade. Continuo a não acreditar nem na palavra sempre nem na palavra nunca mas, prefiro não pensar nisso. Prefiro não pensar uma vez na vida. Prefiro ser emocional uma vez na vida. Prefiro acreditar na tranquilidade do momento que estamos a atravessar e sentir que o que temos entre nós é duradouro e irrepetível. Diferente e estranho. Sonho e poesia. Suave. Leve. Perfeito. Amor perfeito. É perfeito, amor.
Fica comigo.

Tozé, sou toda sua, ouviu!?...

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Activia!

"Do you know how hard i tried
to lose this foolish pride
Can you take me as i am

Can you understand me

I'm changing now

If all we lose is the skin

I'm putting you under within

We're gonna make this life together

The symptoms are too deep

I got you on my mind in my sleep"
You On My Mind On My Sleep, Alone With Everybody, Richard Ashcroft - 2000

Já sei como ultrapassar as saudades e, mais uma vez, foi a tomar banho que tive mais uma brilhante ideia. Para quem não saiba eu tenho ideias tremendas quando estou a tomar banho, a lavar os dentes ou no metro.
Da última vez que tomei banho, ou seja, no domingo, descobri finalmente o antídoto para não ter saudades nem de nada nem de ninguém, para evitar comichões indesejadas e ferimentos provocados por unhacas amarelecidas pelo tabaco.
Esse antídoto tem um nome: Activia!
Sim, Activia! Mas tem que ser de cereais... É mesmo fixolas. Alivia-me e faz-me sentir bem, muito bem.
Admito, no entanto, que beber Activia é, apenas, o meu segundo maior vício porque o primeiro são pessoas com pestanas brancas.
Bem, por agora vou ter que me ficar por aqui porque vou ter que ir ao Pingo Doce reabastecer-me.

Um rebuçado de mentol também resulta, certo!?

Mensagem para quem tem a sorte de ter férias. Cabras...

"London calling, yes, I was there, too
An' you know what they said? Well, some of it was true!
London calling at the top of the dial
After all this, won't you give me a smile?
London calling"
London Calling, London Calling, The Clash - 1979

Olá, chavalas. Quando forem fazer esse tal de cruzeiro pelas ilhas gregas tragam-me um bouzouki, que é uma espécie de bandolim mas grego. Não se preocupem que eu pago o excesso de peso.
Quando vierem da Grécia e forem para Londres tragam-me um cornish pasty daquela loja do pirata (nunca me lembro do nome da loja...) e um casaco daqueles que vendem na loja dos caçadores atrás do Tesco de Norwich. Daqueles que fazem com que até o gajo mais bimbo de trás-os-montes pareça uma Rock & Roll Star.
Espero não estar a fazer muitas exigências. Não gosto de o fazer, nem gosto que mo façam... a não ser que seja com jeitinho...

Espero que não se vejam gregas, tá bem?!...

Deixemo-nos de merdas...

"Rise up this mornin',
Smiled with the risin' sun,
Three little birds
Pitch by my doorstep
Singin' sweet songs
Of melodies pure and true,
Saying', ("This is my message to you-ou-ou:")
Singing': "Don't worry 'bout a thing,
'Cause every little thing gonna be alright."
Singing': "Don't worry (don't worry) 'bout a thing,
'Cause every little thing gonna be alright!"
Three little birds, Exodus, Bob Marley - 1977

Nunca a expressão "esperar e pensar" fez tanto sentido na minha vida. Ao longo das últimas semanas, tenho vivido no meio da confusão, sentido as mais diferentes emoções, tenho estado em baixo e no topo do mundo.
Ultimamente, nos últimos dias, com a tão esperada definição das indefinições, sinto-me melhor, mais leve, apesar de haver certos pesos e mágoas que jamais poderei esquecer.
Agora, que me sinto de novo tranquilo (como me tinha sentido nos últimos 30 anos...), sinto vontade de andar por aí, sozinho, de mãos nos bolsos, enquanto oiço aquela música primaveril, de cabeça no chão, de cabeça no ar, na lua, a pensar, a pensar em tudo e, principalmente, a pensar em nada...
Nunca a expressão "esperar e pensar" fez tanto sentido na minha vida...

Siddartha, ajudas-me!?

quinta-feira, 22 de maio de 2008

O pior dia da nossa vida. A partir de agora sou a minha bisavó!

"It was written that I would love you
From the moment I opened my eyes
And the morning when I first saw you
Gave me life under calico skies.
I will hold you for as long as you like
I'll hold you for the rest of my life
Always looking for ways to love you
Never failing to fight at your side
While the angels of love protect us
From the innermost secrets we hide
I will hold you for as long as you like
I'll hold you for the rest of my life
I'll hold you for as long as you like
I'll love you for the rest of my...
For the rest of my life"
Calico Skies, Flaming Pie, Paul McCartney - 1997

A minha bisavó morreu por amor. Morreu 15 dias depois do meu bisavô. Por amor. Haverá melhor maneira de morrer!? Por amor!? O mais belo sentimento do nosso triste e maravilhoso mundo.
Não sei o nome dela. Ou, se calhar, não me quero lembrar, tal e qual como Cervantes, no início do seu sonhador Dom Quixote. Tal como ele, eu luto contra moinhos de vento em busca do sonho mesmo que o sonho seja inatingível. Tal como a minha bisavó, minha heroína desde que soube que morreu por amor, eu luto pelo sonho e voo para onde for preciso por amor. Amo-te desde o momento em que te vi. Nunca acreditei em amor à primeira vista até te conhecer. Mas tu és isso e muito mais. És mais que sonho, és mais que amor profundo e verdadeiro. És a minha nada, és a minha tudo. Deixa-me viver contigo a minha vida. Aceita as minhas ilusões , aceita os meus desvarios, os meus erros, aceita a minha eterna dependência e o meu amor profundo. Quero ser como a minha bisavó! Quero ser Ladeira! Quero morrer por amor e viver com o teu eterno amor.

Amo-te, meu ser imaginário...

O girassol faz falta a quem!?


"Um milhar de girassóis explodem nos céus
E eu vejo estrelas de mil cores
E pétalas de mil sabores"
Algures em Lado Nenhum, Nada = Tudo, Tiago Ladeira - 2008

O girassol vive para o sol. O girassol vive com o sol. O girassol depende do sol. O girassol gira e roda com o sol.
Quando o sol se põe, o girassol olha para o chão. O mesmo chão que lhe contava histórias sobre outros girassóis, sobre outras pétalas que foram caindo e que não voltam ao lugar e ao tempo a que pertenceram. O mesmo chão que hoje está mudo, calado, sem vida.
Quantas pétalas tem um girassol?
Quantas pétalas pode perder?
Quantos pôr-do-sol faltam para ele deixar de te ver?...

Gira, Girassol...

Sou nada...

"Beijo. Dás-me um beijo? Não...
Ericeira. Pôr-do-sol. Praia. Luar. Praia. Nascer-do-sol. Praia.
Planos. Sonhos. Nada.
Piquenique. Manta. Salada de fruta. Murganheira. Girassol.
Quero. Não quero.
Tango!? 1h22!?

Terraço em Lisboa. Terraço em Londres.
Caracóis. Amor.
91.

Santa Catarina. Oh, meu Deus! Porque é que a minha mãe é velha!? Deus não existe.
Mãos frias. Vamos ver.

Não era suposto isto acontecer!..."

Algures em Oxford Street, 2009, Tiago Ladeira - 2008

Eterno ainda significa para sempre, não é!?

Segundo elogio em 8 anos

"I left my soul there,
Down by the sea
I lost control here
Living free"
The Sea, Big Calm, Morcheeba - 1998

Olá, Joana (esta mensagem é só para ti...)
Não sabes como me fez bem esta noite que passámos juntos. Acho que nem eu sei bem. Precisava de me libertar do caos que a minha vida tem sido nos últimos tempos. Ando de decepção em decepção, de desilusão em desilusão há demasiado tempo.
Precisava de falar do que falámos, quase às escuras, no mar. Acho que me sinto melhor.Por momentos esqueci os meus pequenos problemas e ganhei vontade e coragem para os resolver, ou pelo menos, para os enfrentar. Acho que ando enganado, a enganar e a enganar-me há demasiado tempo. Acho que sem te aperceberes me mostraste o caminho.
Sei agora, o que quero. Espero que tu, também, o descubras em breve porque hoje percebi, finalmente, que o mereces.
Obrigado, Joana e voa, voa...

Segundo elogio em 8 anos, certo?

Uma ilusão constante não é uma desilusão?!

"All I do is a constant reminder
The future's here and it walks right behind you
All I see is a constant illusion
My head spins and my world's in confusion"
On The Run, Mother Nature Calls, Cast - 1997

Sim. Se calhar chegou a hora de admitir. Acho que estou na pior fase da minha vida. Acho que estou na melhor fase da minha vida. Acho que ando a viver uma vida dupla. E não sei se estou a gostar ou não.
Por vezes, sinto-me na lua, a voar de mão dada por entre uma floresta de girasóis imaginários.
Noutros momentos, só me apetecer olhar para o chão, fechar os olhos, evitar chorar...
Nada corre como devia correr ou quase nada... Esse quase nada é praticamente tudo e é nele que quero ficar eternamente.
Apesar de tudo o que tem acontecido, expectativas demasiado altas, demasiados planos, demasiados planos falhados, não consigo deixar de acreditar que os maus tempos hão-de passar definitivamente. Nesta ou noutra galáxia inventada por mim irei finalmente renascer.
A resposta está em mim. A resposta anda por aí. Tenho que encontrá-la depressa. Pelo fim do caos, pelo início de algo...

Sou um girassol, meu sol...

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Acho que nunca me vou esquecer da noite em que vi o Titanic...

"Cause everything's easier when you're beside me
Come back and find me
Cause I feel alone"
Throw me a Rope, Eye To The Telescope, KT Tunstall - 2004

Quem me conhece bem sabe que eu não fiz certas e determinadas coisas que toda a gente fez e, como sou parvo, tenho orgulho nisso.
Aprender a nadar e a segurar nos talheres como gente adulta, birras em 82, sexo em 2000, greve em 2008...
Quem me conhece bem sabe que eu fui durante muito tempo a única pessoa no mundo que não tinha visto o Titanic mas, novidade das novidades, surpresa das surpresas, o céu deve estar para cair sobre nossas reles cabeças porque eu, Tiago Ladeira, conhecido por ser do contra, na sexta-feira, dia 16 de maio de 2008 (esse glorioso dia), vi, finalmente, esse filme enternecedor e sem história nenhuma ao longo dos seus 180 minutos.
Sinto-me um homem, perdão, um anfíbio completamente novo. Sinto-me muito melhor mas, admito que ando um pouco dorido e tenho uma pequena ferida no dedo mindinho do meu pé direito. Isto de ver filmes pode dar cabo duma pessoa...

(Porque é que nunca ninguém me disse que o Capitão Iglo, essa mítica personagem, entrava no filme!? Isso também é mau feitio...)

Foi bom, grumete?!...

Violet Hill

" I took my love down to Violet Hill
There we sat in snow
All that time she was silent still
So if you love me
Why'd you let me go?"
Violet Hill, Viva La Vida, Coldplay - 2008

Agora que o baterista dos Coldplay, Will Champion, conseguiu, finalmente, imitar na perfeição o Ringo Starr o mundo tornou-se um lugar melhor. A letra, a música e, principalmente, o piano são quase iguais a "House of Wax" de Sir Paul McCartney o que torna o mundo ainda muito melhor.
Violet Hill pode muito bem ser a melhor música dos Coldplay mas, também, é a prova que este é o último álbum deles. Não tenham pena porque a partir de agora seria sempre a descer.

É bom acabar em grande, certo?

Saturno da noite...

"Agora que sei que sou nada
Penso que o que não tem início nunca acaba"
Algures em Regent's Street, 2009, Tiago Ladeira - 2008

Gostava de andar contigo de mão dada nos anéis de Saturno mas, para que isso aconteça vou ter que deixar de te inventar. Vou ter de te descobrir.
O que é se verá de Saturno? Haverá alguém a gritar, a chorar, a rir e a olhar para ti? E para mim? Eu que sou nada. Eu que sou tudo...
Em quanto tempo se dará uma volta aos anéis de Saturno? Terei direito a algo no fim de cada volta? Quantas voltas vamos dar? Até que horas? Levas-me ao metro de Titan Riglet? Vais comigo ver o último pôr-do-sol antes do fim do universo? Fim do universo!? Fim!? Fim sem início não existe... e isso é perfeito!

Os anéis de Saturno são para as meninas, certo?

terça-feira, 13 de maio de 2008

Material deste já não se fabrica...


"But I just keep on laughing
Hiding the tears in my eyes
'cause boys don't cry
Boys don't cry"
Boys Don't Cry, Boys Don't Cry, The Cure - 1980

Se és pedófilo, pederasta ou um simples panasca põe bem o teu olho neste material de primeira qualidade... Só há um problema. A criança cresceu e perdeu toda a sua beleza e o seu charme encantatório e inebriante mas, até é um bom tipo.
Ah, é verdade, tem 30 anos, e dedicou-se à vida conventual, também...